Vacilo

Uma mulher conversou comigo
na luz das sombras e do luar
eu não escutei nada e fiquei perdido
fui para longe pro meu lugar

Nunca mais esqueci seus cabelos longos
Um belo tormento para o olhar

Abandonei leis e parentes,
 beijei Sol e Lua
até meu destino vir
 e  me levar

Como pude permitir
Com o lápis nas mãos
ficar de cabelos grisalhos
na coroa imperial da minha juventude?

Confesso que vi gazelas deitarem o peito no Universo
E peixes vermelhos pisotearem pobres oceanos
mas não recordo de lágrimas tão dolorosas,
lágrimas de sangue, que exilaram meu peito
quando o meu coração partiu

Condenados a desaparecer nas paredes,
esses pequenos versos encontraram caminho
de ida e volta para longe nas estrelas

A lua me fitou,
e através dos meus olhos,
assustou um gato

O medo tem olhos enormes
e ideias geniais
à espera de um pouco de surpresa
no adormecer de uma vida

Nunca mais esqueci essa mulher,
um tormento para o olhar
Que até hoje me mete medo
Só em pensar em lembrar

Comentários

Postagens mais visitadas