quinta-feira, 12 de julho de 2012

Sarcasmo

Sarcasmo é a arma com que o poeta brinda o dia, e o pai brinca na vida.
 Quem sarcasmo percebe, raiva logo aparece
Sarcasmo é tão doce quanto licor que de vez em quando é perturbador

Brinca a sério o comentário austério
Novas palavras forma, e rimas renova
Lira não tinha
E não escreve poesia.
Não me diga,
quem disse que vida é lira?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assobio '18

A sombra escura paira sobre a cabeça O sabor terroso invade o paladar E sinistramente desce agridoce O medo corrompe meus olhos A frustr...