Acima do bem e do mal repousa todas as coisas que concernem a natureza humana.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

00:00

      Eu confesso que estou jogando
      a minha vida fora
      E Você está jogando junto
      Eu confesso que preciso disso
      Nesse  momento estranho
      Não se esqueça o quanto é bom sonhar


       Eu tenho medo de que me esqueça
       De por essas palavras no papel
       Toda a vida depende desse momento
       Deixe-me tocar o ataúde
       Deixe-me sonhar sonhos em vão.

       Em seus olhos leio coisas estranhas
       Mas a noite não me escuta
      Agora estou no escuro
      E sou a luz no fim do túnel

         

Nenhum comentário:

Postar um comentário